Fechar
Racismo no Futebol: Torcedor Detido por Insultos

Em um episódio lamentável de racismo, um torcedor do Atlético de Madrid foi detido por proferir insultos racistas contra uma criança que vestia o uniforme do atacante brasileiro Vinícius Júnior, do Real Madrid. O incidente ocorreu em 24 de setembro, antes do clássico entre as equipes.

De acordo com a polícia espanhola, o detido atacou a menina, que estava no colo de um parente, por usar um uniforme de um jogador brasileiro do Real Madrid. A abordagem incluiu insultos racistas e ameaças de morte, revelando a intolerância e a violência presentes nas arquibancadas.

O ataque ocorreu nas proximidades do estádio Metropolitano, antes do clássico da sexta rodada do campeonato espanhol, que resultou na vitória do Atlético de Madrid por 3 a 1. Em outubro, a tia da menina, uma criança negra de 8 anos, denunciou à rádio Cadena Ser que ambas foram vítimas de ofensas racistas por parte de torcedores do grupo Frente Atlético, próximo ao estádio.

A menina foi agredida simplesmente por vestir o uniforme de Vini Jr., que, na temporada passada, tornou-se um símbolo na luta contra o racismo no futebol espanhol após sofrer insultos em alguns estádios. A polícia revelou que o detido chegou a agredir o familiar que segurava a menina antes da intervenção de outros torcedores, que evitaram a continuidade da agressão.

O homem foi detido sob acusação de “suposto responsável por crime de ódio”. O Ministério Público espanhol abriu uma investigação em outubro, após uma denúncia da LaLiga, por possível crime de ódio.

O Real Madrid, demonstrando repúdio ao incidente, convidou a menina para assistir ao próximo jogo da equipe no campeonato espanhol, quando derrotaram o Las Palmas por 2 a 0. A atitude do clube vai além do futebol, reforçando a importância de combater o racismo e promover a inclusão no esporte.

Esse triste episódio destaca a urgência de medidas efetivas contra o racismo no futebol, não apenas como uma questão esportiva, mas como uma responsabilidade social e moral que todos os envolvidos no esporte devem abraçar. O combate ao racismo deve ser constante, refletindo um compromisso coletivo para construir um ambiente esportivo inclusivo e respeitoso.

Add Comment

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

YouTube
Instagram
Tiktok